Rss

O céu agitado do mês de julho

astrologia horóscopo signos mapa astral virginia gaia

O mês de julho deve funcionar quase que como uma segunda celebração de ano novo em 2014. Não, não é somente pelo fato de que a Copa do Mundo vai acabar no próximo dia  13 de julho, mas por conta de diversas movimentações astrológicas importantes, dentre elas, a entrada de Júpiter no signo de Leão e a retomada de Saturno ao seu movimento direto. Confira a agenda de efemérides astrológicas e suas decorrências ao longo do mês:

1° de julho – O planeta Mercúrio, que estava em retrógrado desde o dia 7 de junho, volta ao seu movimento direto, facilitando os temas relacionados à comunicação e às providências e pequenos detalhes do dia a dia.  Nessa temporada retrógrada, Mercúrio fez com que revíssemos a maneira como falamos das emoções, enquanto esteve no signo de Câncer, e também como nos expressamos e aplicamos nosso pensamento, já que também passou por Gêmeos, signo do qual, aliás, é regente. A notícia é benéfica para todos, mas tem especial impacto aos nativos de Virgem e Gêmeos e também aos que tem Ascendente nesses signos.

13 de julho  – Mercúrio ingressa no signo de Câncer, agora em movimento direto, para ficar até o final do mês. Ótimo momento para falar sobre emoções e afeto ou, ainda, levar palavras de apoio para quem precisa!

16 de julho – Júpiter deixa o signo de Câncer e entra em Leão, onde deve ficar até agosto de 2015. Nesse período, Júpiter em Leão vai levar sua natureza de expansão para o signo do prazer e da expressão pessoal. Um ótimo momento para cuidarmos de nós mesmos, tomando a precaução somente para não pesar demais na busca pela individualidade e não transformar essa energia em individualismo exacerbado.  Período propício também para evidenciar o estilo de liderança que há em cada um de nós, além de ser uma ótima notícia para nativos de Leão. Para quem sabe qual a casa do mapa astrológico natal que é regida por Leão, dá para verificar em qual área da vida que esse aspecto de expansão deve ficar mais evidente. Para quem não sabe, vale consultar um astrólogo!

18 de julho – Vênus entra em Câncer, onde fica até 12 de agosto, deixando o ambiente propício para relacionamentos ainda mais emotivos e cheios de afeto. Só cuidado com o drama! Período de extremo romantismo e até de um certo ar de nostalgia.

20 de julho – Saturno, o regente dos ciclos de tempo e o grande transformador da Astrologia, retoma o seu movimento direto. Retrógrado desde março deste ano, Saturno está fazendo uma faxina geral nos temas mais profundos e inconscientes de nossa psique em sua passagem pelo denso signo de Escorpião. Da mesma forma que com a movimentação de Júpiter, vale checar em qual casa de nosso mapa natal que essa movimentação acontece e quais aspectos que ela faz, pois o local no qual ocorre essa mudança de direção desencadeia mudanças substanciais nos temas regidos pela casa astrológica em questão.

21 de julho – O  inovador e irreverente Urano dá inicío ao seu movimento retrógrado no signo de Áries, pedindo revisão na forma como inovamos e começamos os empreendimentos em nossa vida. Esse período de trânsito de Urano em Áries, fazendo boa parte do tempo um quadrado com Plutão em Capricórnio, já está ativando mudanças para todo mundo, mas vale também checar em que ponto ele cai no mapa natal para saber a área da vida pessoal de cada indivíduo que será afetada e se há mais algum detalhe envolvido.

26 de julho – Marte, o planeta da ação e da energia sexual, entra em Escorpião, signo das transformações profundas, do inconsciente e da sexualidade. Considerado o ativador da Astrologia, Marte estará boa parte do tempo em tensão com Urano em Áries e Júpiter em Leão, forçando mudanças em nível global.  Considerando que Marte esteve desde o começo do ano no diplomático signo de Libra, em movimento retrógrado e também direto, podemos considerar que esse será o grande momento de colher o que plantamos em nossas relações, sejam elas íntimas ou profissionais, e absorver as mudanças – tanto positivas quanto negativas – que vem em decorrência disso.

Pois é, para quem estava achando 2014 um ano de projetos parados ou meio “emperrados”, o início do segundo semestre deve dar um empurrãozinho para fazer as coisas acontecerem, pois certamente colheremos as sementes daquilo que plantamos. São mudanças profundas que vem por aí na vida de todos nós, então é hora de olhar para frente e seguir para colocar todos os planos em prática!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *