Rss

Júpiter em Escorpião: outubro de 2017 a novembro de 2018

Jupiter em Escorpião Astrologia Virginia Gaia

Júpiter, o grande expansor da Astrologia, ingressou nas águas profundas de Escorpião. Ao longo desses treze meses de trânsito pelo signo da transformação, veremos o crescimento do interesse em todos os temas tipicamente escorpianos: magia, ocultismo, sexualidade e temas tabu. É hora de repensarmos a maneira que compartilhamos com os outros, sabendo lidar com as emoções mais profundas.

Entre tantas coisas que ficam em destaque com esse trânsito, uma delas é, sem dúvida, a nossa relação com um tema que, por si só, é cheio de mistérios: o poder. Isso porque Júpiter simboliza especialmente a imagem de autoridade, seja ela religiosa, acadêmica ou moral. Em Escorpião, um signo que fala especialmente de domínio de forças ocultas, Júpiter mostrará que a real força deriva da capacidade de transformar emoções negativas em algo que propicie crescimento pessoal. É por isso, aliás, que esse cenário astrológico tocará tanto no tema do autoconhecimento.

Como regente da justiça, Júpiter também fala do universo das leis. Em Escorpião, certamente reforçará o desejo de mudança e a sede por uma sociedade mais justa, favorecendo líderes políticos cuja imagem esteja associada à ideia de uma completa transformação.

Na esfera íntima, podemos esperar nesse período um aumento ainda maior do debate sobre questões de gênero e sexualidade. Com o regente das ideologias transitando pelo signo mais sexual do zodíaco, é hora de romper com preconceitos. Quem sabe conseguimos aumentar a consciência das pessoas sobre a relação entre espiritualidade, inconsciente e sexualidade? Só depende do quanto cada um conseguir mergulhar, com sabedoria, em si mesmo!

No plano individual, cada um tem uma área do mapa natal que é regida pelo signo de Escorpião e que ficará em evidência com a visita do planeta Júpiter. Para uma análise completa e detalhada, faça o seu mapa astral. Informações sobre atendimentos, você encontra neste link aqui!

Seja bem-vindo, Júpiter, às águas de Escorpião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *